Documentário: O METAL RESGATANDO NOSSA HISTÓRIA.

PRIMORDIUM - "NUIT" [NOVA MUSICA]

sábado, 30 de agosto de 2014

Agressor - Discografia


Agressor é uma banda brasileira de Thrash Metal formada em 1982 no Rio de Janeiro.O início dos anos 80 marcou o cenário metálico mundial pelo surgimento de bandas como Slayer, Metallica, Venom, Exodus, Anthrax e outras, que criaram uma enorme legião de fãs, onde suas músicas consequentemente serviriam de influência para que outras bandas pudessem surgir. No Brasil, uma dessas bandas foi o AGRESSOR,quando um grupo de amigos se reuniu com o intuito de aprender a tocar e montar uma banda.

Após ensaios e mudanças em sua formação, a banda grava sua primeira demo chamada DESTRUIÇÃO METÁLICA em 1986 com Frederico (vocal), Beco e Marco Aurélio (guitarras), Jedae (baixo) e Paulo (bateria). A demo de quatro músicas trazia letras em português com parte vocal hardcore e o instrumental seguindo a linha thrash metal. A temática das letras trazia uma visão negativa do mundo, como se percebe em “Terceira Guerra Mundial”, “Século XX” e “Juízo Final”.

Novas mudanças ocorreram tanto na formação como também na característica do som. Saem Frederico (vocal), Marco Aurélio (guitarra) e Jedae (baixo). Este último dá lugar a Ivan, com Paulo assumindo também os vocais, tornando a banda um trio. As letras passam a ser em inglês, a parte vocal se torna mais heavy e o instrumental manteve o direcionamento thrash. As letras continuam ácidas e criticam os desastres ambientais, o uso de drogas e a atuação de grande parcela dos políticos. Esse novo material é apresentado na segunda demo da banda, chamada KILL OR DIE, lançada em 1988 com Paulo na bateria e vocal, Beco na guitarra e Ivan no baixo. Seguem a rotina de ensaios até que por conta de diversas divergências rotineiras a muitas bandas, resolvem encerrar as atividades por volta de 1992. Após esse período chegaram a ocorrer tentativas de uma volta da banda, mas sempre frustradas.

Um fato importante na história do grupo foi o relançamento da demo KILL OR DIE em vinil em 2001, através do recém criado selo brasileiro chamado DIES IRAE, onde a demo do AGRESSOR saiu com a marcação IRAE 001 e distribuído em vários países do mundo. Não foram utilizados recursos técnicos atuais ou inserção de qualquer instrumento adicional, mesmo a título de retoque, mantendo-se fielmente a gravação da época. Se por um lado os integrantes ficaram em dúvida quanto ao lançamento, visto a qualidade desta gravação, por outro serviu como uma injeção de ânimo para que, após um período de 10 anos de inatividade, a banda retornasse em 2002 com a mesma formação que gravou KILL OR DIE: Beco (Guitarra), Ivan (Baixo) e Paulo (Bateria / Vocal).

Os anos de 2002 e 2003 servem para que a banda resolvesse problemas estruturais como equipamentos e local de ensaios, ao mesmo tempo em que novas músicas iam sendo feitas. No primeiro semestre de 2004, Ivan deixa a banda e em seu lugar entra Diego Neves. Um segundo guitarrista é recrutado para dar uma maior consistência ao som da banda e Diego Massili assume esse posto. O foco a partir desse momento é a preparação (pré-produção) do que viria a ser o primeiro CD “full” do Agressor. São gravadas dessa forma duas músicas da nova fase: ”Manipulation of Masses” e ”Puppets of Society”, sendo que as duas receberam opiniões positivas dos headbangers. Elas foram disponibilizadas no site e em dois meses tiveram 3.400 downloads.

No início de 2005 Cláudio Daflon entra na vaga deixada pelo baixista Diego Neves e Alexandre Cabral entra na vaga do guitarrista Diego Massili. Com essa formação regravam “Toxicomaniac”, música que fez parte da demo KILL OR DIE e que passou por novos arranjos. Com o repertório fechado, a atenção da banda se volta para a gravação do novo CD que se inicia em setembro de 2005, e o estúdio escolhido foi o DQG em Cabo Frio.RJ. Terminam a gravação/mixagem e masterização em janeiro de 2006. O disco foi lançado oficialmente em abril de 2006 e se chamou VICTIM OF YOURSELF e saiu pelo selo Dark Sun, que é uma divisão do Dies Irae.

O conceito do nome é baseado na relação humana no mundo, onde muitos sofrem por causa das guerras, da fome, da intolerância, da covardia e das drogas. É o homem sendo vítima da própria raça humana. O disco traz 10 músicas que são: “Toxicomaniac”, “Old Man”, “P-36”, “Onde está a Coragem?”, “Sacred Words”, “Manipulation of Masses”, “Eyes to the World”, “Mercenary Politician”, “Dr. Death” e “Puppets of Society”. A arte gráfica do encarte trouxe as letras em inglês e também em português.

O CD foi enviado para zines, webzines, rádios e revistas do Brasil e também fora do país, recebendo em sua grande maioria críticas entusiasmadas acerca deste novo trabalho do Agressor. Também entraram em playlists de diversas rádios no Brasil e no mundo e seguem divulgando seu trabalho em alguns shows tocando como trio, uma vez que Beco decide deixar o grupo. Em homenagem ao KILL OR DIE, que completou 20 anos em 2008, tocam toda a demo em um show. Novas alterações de formação ocorrem. Cláudio deixa a banda e Gustavo Lima assume o baixo. Para a segunda guitarra recrutam Zarour e com essa formação seguem a rotina de ensaios para conclusão do repertório do próximo CD.

Confira uma música no Youtube

Discografia:















Álbum: Victim of Yourself
Gênero: Thrash Metal
Ano: 2006
Download: Mega














Álbum: Demise of Life
Gênero: Thrash Metal
Ano: 2014
Download: Mega

Nenhum comentário:

Postar um comentário